Ir para conteúdo
FCC

11h11

Orquestra de Reciclados Cateura emociona público no Guaíra

Transformação de lixo em música por meio da criação de instrumentos reciclados. Essa foi a alternativa de 30 adolescentes de Cateura, moradores de um aterro sanitário em Assunção (Paraguai), que na noite de quinta-feira (1/2) levaram os olhares da Oficina de Música de Curitiba a um outro foco.

A apresentação da Orquestra de Reciclados de Cateura, no Teatro Guaíra, contou com presença do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e da primeira dama, Margarita Sansone, e emocionou o público.

O prefeito se encantou com o concerto. "Estamos aqui para aplaudir de pé essa ideia. Que nasça a música. Porque não existe nada no mundo que não possa ser aproveitado. Até um tambor de metal pode virar um violoncelo, um pedaço de lata pode virar um violino, um contrabaixo e até mesmo uma harpa", afirmou o prefeito.

Para os integrantes da Orquestra, a viagem foi importante também para abrir um relacionamento com a cidade. “Nós não nos consideramos artistas, nos vemos como trabalhadores sociais e agimos através da música. Muita gente acha que sou um grande maestro, mas não, apenas reivindico que a música tem um poder grande e a sociedade não o suficiente”, disse o maestro e diretor musical Favio Chavéz. “A música tem o poder de mudar os pensamentos e as pessoas”, definiu.

A beleza da orquestra foi sentida também pelo público, formado por muitas famílias, como a de Marcia Fucs, que trouxe seus três filhos para assistir o concerto. "Trouxe a família porque esse assunto de reciclagem nos chama muito atenção. Foi uma apresentação emocionante, essa preocupação com o meio ambiente nos mexe muito", afirmou.

Para Priscila Faria, que trouxe sua filha Nicole de 9 anos, o concerto foi uma inspiração sobre o que podemos melhorar no nosso dia a dia. "O concerto pode trazer para nossas crianças do Brasil uma nova visão, mostrar que podemos fazer muito mais do lixo, assim fazer um futuro melhor", disse Priscila.

“Não foi um concerto, foi um espetáculo”, reforçou ainda Alaor Brenner Júnior, acompanhado de sua filha Vitória.

Participaram também do evento: o vice-prefeito e secretário de Obras, Eduardo Pimentel, a secretária de Meio Ambiente de Curitiba, Marilza Dias; o Cônsul Geral do Paraguai, Salvador Meden Peláez, a superintendente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina Castro; o diretor de Ação Cultural da FCC, Beto Lanza e o diretor executivo do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Marino Galvão Júnior.

Autor: Assessoria de Imprensa
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Fale com a comunicação

Veja Também

Outras Notícias

Inscrições para a Oficina de Música começam na segunda

Continue lendo

Oficina de Música 2019 já tem data confirmada

Continue lendo

PUC PR se consolida como sede da Oficina de Música de Curitiba

Continue lendo

Oficina de Música de Curitiba faz história em Curitiba

Continue lendo