Ir para conteúdo
FCC

11h33

Ópera A Flauta Mágica leva para o palco adereços de materiais recicláveis

Arames, canudinhos, plásticos, pratos de papelão, banners se transformaram em chapéus, perucas, cintos, mantos, objetos e outros ornamentos para mais de 30 atores e figurantes da ópera A Flauta Mágica, de Wolfgang Amadeus Mozart.

Cantada em português, a ópera será encenada nesta quarta-feira (7/2) e quinta-feira (8/2), no Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha), pelos alunos do curso de Ópera Studio e de Técnica Vocal, da 35ª Oficina de Música de Curitiba.

Os adereços foram criados durante o curso Ateliê de Criação de Acessórios e Objetos para Ópera, dirigido pela atriz e artista plástica Maria Adélia, que ministra workshops no Brasil e na França, onde viveu por 17 anos e integrou a trupe do “Theatre du Soleil”. “Trabalhamos com o lixo e está sendo ótimo. É muito bacana ver que no teatro não se perde nada, tudo pode ser reaproveitado”, diz.        

Toda a produção da ópera é feita dentro da Oficina de Música. A montagem tem direção musical do maestro Abel Rocha, direção cênica de William Pereira, e preparação dos professores de canto Rosana Lamosa e Leonardo Vieira.      

 

Serviço:

Ópera A Flauta Mágica

Dia: quarta-feira (7/2), às 19h, e quinta-feira (8/2), às 19h

Local: Guairinha, Rua XV de Novembro, 971 - Centro

R$ 20 e R$ 10 (meia).

Autor: Assessoria de Imprensa
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Fale com a comunicação

Veja Também

Outras Notícias

Apresentações da Oficina de Música foram vistas por 50 mil pessoas

Continue lendo

Curitiba canta parabéns pelos 80 anos do sambista Martinho da Vila

Continue lendo

Vereadores conhecem modelo de gestão da 35ª Oficina de Música

Continue lendo

Último dia da programação tem maratona musical, ópera e pianista prodígio

Continue lendo

Greca e Martinho da Vila anunciam Carnaval de Curitiba

Continue lendo